domingo, 5 de abril de 2009

OBEDIÊNCIA


Visto que a obediência é estar fazendo a coisa certa, do modo certo e na hora certa, e visto ser o recém-nascido completamente indefeso, fica inteiramente nas mãos dos pais a responsabilidade de por o fundamento para a obediência. A prática do que é certo, torna-lhe-á mais fácil estabelecer o hábito de fazer por si mesmo o que é certo, quando tiver idade suficiente.
O momento da atenção de uma criança pequena é bem curto; portanto nossos pedidos devem referir-se apenas ao presente imediato. Para os principiantes são necessárias declarações simples, definidas. "Traga o papel para a mamãe"; "Deixe sua irmã pentear-lhe o cabelo". "Abra a porta para o papai".A mãe pode cansar de repetir três vezes por dia, sete dias por semana, as palavras: "Lave as mãos antes de comer", mas está assim ajudando a criança a edificar o carácter. Em pouco tempo não mais precisará relembrar-lhe, pois estará tão bem estabelecido o hábito da limpeza que lhe será uma bênção o resto da vida. Ao ir crescendo a criança poderá atender exigências cada vez mais complexas.

Um comentário:

Edimar Suely disse...

Olá,

Passando para conferir as 9dades, matar as saudades e desejar uma linda quarta feira e muita paz em sua vida.

Smack!

Edimar Suely
jesusminharocha.blig.ig.com.br